8 de jun de 2010

Morreu de Quê?

Naquela tarde o vigário recebe a visita de um de seus paroquianos.
- Bença Padre.
- Deus o abençoe meu filho.
- Padre, o sr. lembra do João pintor?
- É claro meu filho.
- Pois é Padre, o João veio a falecer.
- Que pena, morreu de quê?
- Olha, Padre. Eu moro numa rua sem saída e minha casa é a última. Ele desceu com o carro e bateu no muro lá de casa.
- Coitado, morreu de acidente.
- Não, ele bateu com o carro no muro e voou pela janela. Caiu dentro do meu quarto e bateu a cabeça no meu guarda-roupa de madeira.
- Que pena, morreu de traumatismo craniano.
- Não Padre, ele tentou se levantar pegando na maçaneta da porta que se soltou e ele rolou escada abaixo.
- Coitado, morreu de fraturas múltiplas.
- Não Padre, depois de rolar a escada ele bateu na geladeira, que caiu em cima dele.
- Que tragédia, morreu esmagado.
- Não, ele tentou se levantar e bateu as costas no fogão que tombou derramando a sopa que estava fervendo em cima dele.
- Coitado, morreu queimado.
- Não Padre, no desespero saiu correndo, tropeçou no cachorro e foi direto na caixa de força.
- Que pena, morreu eletrocutado.
- Não Padre, morreu depois d'eu dar dois tiros nele.
- Filho, você matou o João?
- Uai, o desgraçado tava destruindo a minha casa!

2 de jun de 2010

Piadinha!

Uma piadinha pra alegrar a sua véspera de feriado, se não rir, recebe o dinheiro de volta:

Viciado em Velório

João, um cara viciado em velório, passa pela porta de um cemitério e vê um monte de carros na porta.
Não resiste e entra pra dar uma olhadinha. Na frente de um grupo de pessoas trajando preto, iam sendo carregados três caixões. Em destaque, logo atrás dos caixões, andava um senhor de paletó com um colete de gesso no pescoço. João se aproximou e perguntou:
- Ei amigo, você sabe quem era esse primeiro?
- Meu sogro... Que Deus o tenha... Fazendeiro... Podre de rico... Dono de milhares de cabeças de gado...
- Ahh! E esse segundo? Sabes quem era?
- Minha sogra. Herdou uma bolada da família... Já era rica antes de casar...
- E esse último? Você também conhecia?
- Minha mulher... Que descanse em paz... Única filha, única herdeira, coitada... Morreu...
- Ahhh! Entendi agora, você também estava nesse desastre e por isso ficou com esse colete de gesso, né?
- Tu és doido! Deus que me livre! Eu mandei fazer essa droga, pra ver se consigo parar de rir...

Pegando ônibus!

Alinhar ao centro


Isso sempre acontece!!